Como o desenvolvimento ágil pode transformar os projetos de software?

O desenvolvimento ágil se trata de uma nova visão acerca da criação e manutenção de código na hora de desenvolver software, buscando descomplicar todo o processo e trazer mais agilidade.

Conforme a tecnologia avança e mais players iniciam suas atividades no mercado, é preciso otimizar os processos de desenvolvimento para garantir espaço e manter um nível de inovação.

O desenvolvimento ágil se mostra como uma saída, guiando os gestores por um caminho cada vez mais rápido e simples para a criação de novas aplicações e funcionalidades. Entenda mais no texto a seguir!

O conceito de desenvolvimento ágil

O desenvolvimento ágil não é considerado uma metodologia única, mas uma cultura. Ele é fruto da constatação, de diversos profissionais da área de programação de software, de que a maneira tradicional já não entregava os resultados esperados.

Com isso, diversos profissionais renomados se reuniram em 2001, nos Estados Unidos, e utilizando a expertise de cada um, contribuíram para a criação do chamado Manifesto Ágil, um documento completo que reúne todas as informações acerca desse conceito.

No desenvolvimento ágil, os projetos deixam de ser realizados da maneira tradicional, com início, meio e fim, e tomam uma forma cíclica, sendo que se trata de um modelo iterativo e contínuo de melhoria.

Ou seja, até o resultado, vários ciclos são realizados. Depois disso, os ciclos de desenvolvimento podem continuar, buscando melhorar cada vez mais o software. A cada uma das repetições do ciclo, o sistema se torna mais robusto e composto de mais funcionalidades.

As diferenças para o desenvolvimento tradicional

O desenvolvimento tradicional, ainda utilizado em várias empresas, principalmente as mais antigas e com dificuldades de adotar um novo paradigma, trabalha em cascata. Nesse caso, o projeto tem um início, meio e fim muito bem definido, sendo que cada fase, antes de iniciar, deve aguardar a finalização da anterior.

Esse modelo já foi o principal aplicado no mercado e no caso de projetos muito pequenos, ainda pode ser utilizado. Contudo, seus problemas estão na finalização, quando tudo deve ser testado e muitas funcionalidades não funcionam como deveriam.

Sendo assim, é preciso refazer muito trabalho, retornando ao ponto de partida e alterando código. Esse retrabalho gera atrasos e muitos problemas podem acabar não sendo identificados.

O desenvolvimento ágil, que prevê a construção de sistemas baseados em pequenos blocos quase que independentes, se ajusta muito melhor aos dias de hoje. Assim, permite a comercialização da solução ainda antes de sua finalização completa, seguindo com a incrementação iterativa.

Os benefícios do desenvolvimento ágil

Como você pode imaginar, existem muito mais vantagens na utilização do desenvolvimento ágil em relação ao tradicional para as empresas, principalmente na criação de novas aplicações. Separamos alguns de seus benefícios.

Powered by Rock Convert

Autonomia da equipe

Uma das premissas do desenvolvimento ágil é trazer autonomia para a equipe, geralmente, formada de profissionais multidisciplinares e altamente motivados a criar soluções incríveis.

O papel do gestor, aqui, é garantir que eles tenham liberdade para criar, propiciando um suporte adequado para as atividades e um ambiente agradável para o trabalho. Diante dessa autonomia, a equipe pode trabalhar de uma forma muito mais produtiva e engajada, tendo liberdade para agir conforme julga melhor em cada caso.

Melhora na comunicação

Diferentemente do modelo tradicional de desenvolvimento, no qual a comunicação é realizada de maneira mais formal, por e-mails ou comunicados escritos, no Ágil se preza pela conversação direta entre os membros do time.

Quase todas as metodologias ágeis priorizam momentos de reuniões rápidas entre todos os colaboradores que trabalham em um projeto para verificar a situação de cada um, tirar dúvidas e buscar soluções.

Excelência na entrega

Uma das principais vantagens do uso do desenvolvimento ágil é a busca por uma excelência na entrega. Isso acontece porque cada uma das funcionalidades é desenvolvida de modo separado, tendo um período de testes único. Sendo assim, tudo é altamente confiável e se tem uma qualidade muito maior de código, tendo inúmeras entregas ao longo de um período de desenvolvimento.

Satisfação do cliente

Por meio de todas as vantagens anteriores, chegamos à satisfação do cliente, que pode contar com um software com um alto valor agregado, redução de erros, rapidez de entrega e maior assertividade. Além disso, qualquer pedido extra pode ser desenvolvimento e entregue rapidamente, melhorando ainda mais o atendimento às demandas dos clientes e sua satisfação.

A aplicação nas empresas

Ok, já sabemos o que é o desenvolvimento ágil, mas como é, no dia a dia, o trabalho dos profissionais na aplicação prática dessas metodologias? Não existe uma fórmula fechada sobre o que é certo ou errado, mas sim um norte, seguindo as orientações do Manifesto Ágil, uma determinada sequência de processos para que o profissional siga.

É preciso lembrar de que o objetivo é simplificar e não aumentar a complexidade do desenvolvimento de software. O Manifesto Ágil é muito mais conceitual que prático. No entanto, existem várias metodologias baseadas nesse conceito e elas podem ser aplicadas para garantir o alcance de todas as metas traçadas no Manifesto Ágil. Entre essas ferramentas podemos destacar.

Scrum

Totalmente focado em ciclos, chamados sprints, esse talvez seja o framework ágil mais famoso hoje. Focado em comunicação e transparência, pode trazer ótimos resultados e melhorar a produtividade do time.

XP

No Extreme Programming, o foco é mais voltado aos testes, tendo a certeza de que tudo funciona corretamente antes da entrega. Isso garante a redução de erros no cliente e problemas com entregas erradas.

Kanban

O Kanban é uma ferramenta de apoio muito famosa baseada em cartões, trazendo uma transparência maior ao acompanhamento do projeto, por meio de um quadro que facilita a visualização e controle das atividades de todo o time. Todas essas três ferramentas demonstradas aqui não são excludentes, podendo ser utilizadas em conjunto para auxiliar a maximizar resultados.

O desenvolvimento ágil já evoluiu muito desde o seu surgimento e é uma aposta certeira para empresas que buscam melhorar os seus processos de criação de software, reunindo produtividade, qualidade e agilidade de forma simples dentro de um projeto.

Quer saber mais sobre essas metodologias e como aplicá-las em sua empresa? Entre em contato conosco agora mesmo e entenda mais!