Design Sprint: aprenda a implementar a técnica na sua empresa agora mesmo!

Resolver problemas complexos de maneira simples e rápida é uma habilidade desejada por qualquer gestor em qualquer organização ou ramo de atuação. O processo de Design Sprint surgiu dentro dessa demanda.

Em um mundo onde a tecnologia surge e se torna obsoleta rapidamente, já não há tempo suficiente para o modelo tradicional de resolução de problemas — também é preciso validar ideias gastando o mínimo possível e garantindo o retorno dos investimentos.

Esse novo paradigma é fundamental para a gestão de projetos, pois evita que recursos sejam direcionados para ideias que não foram testadas, pondo em risco a saúde financeira da organização. Entenda mais a seguir!

O que é Design Sprint?

O Design Sprint é uma metodologia ágil, desenvolvida por um dos braços do Google, a Google Ventures, ainda em 2010, sendo popularizado pela própria empresa — um dos destaques em inovação no mercado.

Dentro do contexto de transformação digital, o principal desafio é trazer a equipe para um novo paradigma de inovação e produção participativa. Hoje, já não é possível esperar por todas as etapas de produção para validar uma ideia.

Qualquer pequena mudança na UI, já pode vir a trazer um ganho sobre o mercado e a concorrência, sendo que não há espaço para discussões intermináveis ou grandes reuniões antes de focar em sua aplicação, pois os outros players podem ser mais rápidos.

O Design Sprint visa atacar esse problema, desenvolvendo ideias de forma colaborativa, estruturada e ágil, materializando soluções em curtos espaços de tempo.

Qual a diferença entre Design Thinking e Design Sprint?

É comum que em um primeiro momento tenha-se algum tipo de confusão entre os dois termos acima, porém, eles são duas coisas diferentes e isso é bem simples de analisar.

Enquanto o Design Thinking é uma disciplina, o Design Sprint é uma metodologia, podendo fazer parte das ferramentas aplicadas no primeiro.

O Design Thinking é uma forma diferente de pensar e resolver os problemas existentes dentro de uma empresa e, para isso, podemos contar com uma série de ferramentas, que podem ser utilizadas a qualquer momento.

Powered by Rock Convert

Já o Design Sprint é uma metodologia, um conjunto de passos bem definidos que devem ser realizados em ordem para obter o resultado esperado, e com um cronograma muito bem definido, como veremos mais a frente.

Quais suas principais funções?

O Design Sprint é uma ferramenta simples e que demanda a interação de toda a equipe durante cinco dias. Esse é o tempo que o time tem para desenvolver todos os passos da metodologia e chegar ao resultado final. São eles:

UNPACK

Primeiramente, deve-se exteriorizar tudo que o que se sabe sobre a ideia, evitando que qualquer informação seja compartimentada. Isso auxilia no alinhamento geral entre todos os participantes. São várias atividades a serem realizadas, como definir o consumidor, desconstruir o produto, definir métricas, entre outros.

SKETCH

O segundo dia é dedicado para o rabisco de ideias básicas, sendo um trabalho realizado de forma individual. Após essa atividade, todos trocarão seus rabiscos e irão buscar entender as propostas um dos outros.

DECIDE

No terceiro dia, algumas ideias já estarão em destaque, sendo que os demais rabiscos terão sido descartados. Agora, o objetivo é refinar o máximo possível até que sobre apenas uma única ideia para a prototipação.

PROTOTYPE

Com base no que foi discutido no dia anterior, é preciso construir o protótipo, escolhendo as ferramentas certas para isso, buscando sempre o máximo de produtividade, uma vez que só se conta com um dia para o trabalho.

TEST

Por fim, o quinto dia é o momento de testar o protótipo com o auxílio de potenciais usuários e consumidores do produto. Serão realizadas sessões individuais que poderão demonstrar como o usuário reage, permitindo colher feedbacks para uma discussão final sobre a aprovação ou não da ideia.

Quais são os seus benefícios?

São vários os benefícios que o Design Sprint traz para dentro das organizações como:

  • cultura de inovação;
  • agilidade nas soluções;
  • investimentos inteligentes;
  • colaboração;
  • redução de custos.

O Design Sprint é uma metodologia incrível na hora de pôr à prova novas ideias e desenvolver novos produtos e projetos. Esperamos que isso tenha ficado claro ao longo deste texto.

Curta agora mesmo a nossa página no Facebook e fique por dentro de nossas publicações!