Convergência digital: como afeta o desenvolvimento da tecnologia?

Hoje, existe uma mudança drástica no que conhecemos, que vai desde a forma como nos relacionamos e até mesmo em como trabalhamos. É verdade que a era da informação tem criado novos cenários no ambiente corporativo, diversos mecanismos, como a convergência digital, refletem essa afirmativa.

O modo como nos comunicamos hoje, dentro e fora da empresa, é uma questão que deve ser considerada com muita atenção, para identificar os principais mecanismos que tangem essa realidade. Diante disso, cada vez mais tecnologias inovadoras são desenvolvidas para unir essa comunicação em um só canal.

Afinal, o que é realmente, na prática, a convergência digital? Qual o impacto que ela gera para as empresas e como podemos desenvolvê-la? Se essas dúvidas são suas também, aproveite a leitura deste artigo, nele explicaremos os principais pontos que você precisa entender.

O que é a convergência digital?

Apesar de ser um nome que surgiu recentemente, não é algo tão novo e faz parte da nossa realidade há um bom tempo. Para exemplificar melhor o que significa a convergência digital, podemos utilizar o surgimento dos smartphones. Com eles, diversos serviços como e-mail, mensagens, jogos, calculadora, GPS, e outros, são colocados em um único lugar.

Sendo assim, podemos resumir esse tema como uma solução tecnológica que visa simplificar e unir, em um só local, diferentes ferramentas. Além de ser uma excelente solução em termos tecnológicos, sob a ótica econômica, é uma excelente saída, visto que podemos eliminar custos e resumi-los em um só lugar.

Dentro das empresas, esse conceito permite facilitar a vida dos colaboradores, principalmente na usabilidade de ferramentas, que são simplificadas, e na melhora do acesso às informações.

Powered by Rock Convert

Hoje, para realizar a migração, o primeiro passo é identificar as principais necessidades da empresa e como podemos resumir todas as funções sobre os colaboradores em um só lugar. A partir daí, identificamos as possíveis soluções que tragam os resultados desejados e, por fim, se inicia o processo de testes da ferramenta.

Os dois tipos de convergência

Hoje, sabemos que a cultura da convergência é um fenômeno que pode ser aplicado em diferentes cenários, como em meios de comunicação, participativa, inteligência coletiva, transmídia etc. Todavia, é necessário identificar os tipos existentes e como eles funcionam:

  • convergência sobre dispositivos: é o exemplo mais claro que mencionamos, os smartphones. Incluímos diferentes funcionalidades em um só aparelho que permite oferecer todos os serviços em um mesmo lugar;
  • divergência de plataformas: essa é a ordem inversa da anterior, é quando um mesmo serviço é incluído em diferentes plataformas. Um ótimo exemplo para isso é a intranet, plataforma que inclui diferentes funcionalidades de uma mesma empresa.

Qual o impacto gerado nela dentro das empresas?

Quando inserimos na realidade dos negócios soluções que tragam grandes mudanças, como a convergência digital, o impacto é totalmente revolucionário. Essas tecnologias geradas a partir desse conceito oferecem inovações na forma como nos comunicamos. Atualmente, isso é um recurso essencial, por exemplo, a inteligência coletiva integra colaboradores e aproxima o desenvolvimento estratégico da companhia.

Além de otimizar a usabilidade, diversas funções são integradas e otimizam o tempo dos colaboradores, que antigamente dependiam de diversas atividades para alcançar o mesmo resultado que é proporcionado com as soluções geradas.

Quanto ao futuro da convergência digital, ele é certo: não há como regredir. O desenvolvimento veio para ficar e dificilmente será voltado para trás, visto que o impacto transcende em diferentes culturas e sociedades. O que podemos esperar é cada vez mais o surgimento de novas tecnologias disruptivas

Aproveite para compartilhar este artigo nas redes sociais e permita que mais pessoas entendam sobre o assunto.