Melhores práticas de aplicação de uma prova de conceito (POC)

Melhores práticas de aplicação de uma prova de conceito

Nos dias de hoje, as empresas estão cada vez mais dependentes das tecnologias. Por isso, os gestores buscam incessantemente fornecedores de TI que atendam às suas necessidades e ofereçam as soluções ideais para os seus negócios. E para visualizarem com maior clareza os riscos e benefícios que a contratação da solução de um fornecedor pode trazer, os líderes de TI costumam utilizar a POC (Proof of Concept ou, no português, Prova de Conceito).

A prova de conceito permite demonstrar na prática a solução, para que sua eficácia seja comprovada e os altos riscos que ela pode gerar para o negócio sejam evitados. Mas para ser eficaz em seu propósito, a POC deve ser submetida a algumas melhores práticas na hora de sua aplicação, que dão uma maior segurança aos gestores no momento deles avaliarem a viabilidade das soluções do fornecedor de TI. Neste post, separamos algumas dessas práticas. Veja-as:

 

Defina as necessidades e objetivos estratégicos

A prova de conceito surge como reflexo da necessidade da empresa de encontrar o melhor fornecedor de TI. Por isso, os gestores devem definir, antes de tudo, as necessidades do negócio e os objetivos estratégicos que devem ser atingidos, para só então verificar entre os fornecedores quais deles possuem as melhores práticas ou ferramentas do mercado. Assim, os responsáveis poderão saber com qual dos fornecedores eles terão maior êxito se contratá-lo.

 

Torne a prova mais transparente

A POC tem natureza colaborativa, ou seja, envolve a participação tanto do departamento de TI da empresa como dos fornecedores. Por isso, ela precisa ser aplicada do modo mais transparente possível. A prova deve conter uma documentação para todos saberem como ela será realizada, além de critérios claramente definidos, componentes de avaliação e propostas de como avançar caso a prova seja bem sucedida e o fornecedor atenda às expectativas.

 

img-ebook

Abra um canal de comunicação direta

Por mais que os testes de aceitação estejam bem definidos na prova conceito, dúvidas ainda poderão surgir entre os colaboradores do setor e os fornecedores de TI. Se os responsáveis pela POC não estiverem prontos para responde-las rapidamente, então eles acabarão comprometendo a seriedade da avaliação da viabilidade das soluções. Daí a importância de se abrir uma comunicação direta com os envolvidos, por chat, telefone ou e-mail.

 

Esclareça todas as expectativas para os fornecedores

Os inúmeros fornecedores de TI presentes no mercado se sentem capazes de suprir todas as necessidades tecnológicas do seu negócio. Porém, nem todos conseguem, de fato, atender aos requisitos exigidos pelo seu departamento de TI. Mas é importante deixar claro para os fornecedores os motivos pelos quais cada exigência é feita logo na hora da aplicação da prova de conceito. Assim, eles conseguem adequar melhor suas soluções.

 

Leia também: Como gerenciar os SLAs de fornecedores de TI?

 

Estabeleça um comitê de avaliação

Ao criar um comitê de avaliação dos riscos e benefícios da solução de cada fornecedor, composto não apenas pelo pessoal da TI, como também pelos gestores do negócio, os critérios da POC serão avaliados de forma imparcial. Com este comitê, a empresa garante a idoneidade dos testes de aceitação, sejam eles voltados aos hardwares, sejam aos softwares, e assegura que o que está avaliado está condizente com o necessário para contratar a solução.

Ao seguir essas melhores práticas na hora de aplicar a prova de conceito na sua empresa, você poderá provar a solução de um determinado fornecedor de TI e verificar se um projeto de desenvolvimento de aplicações ou infraestrutura da TI é realmente viável. Lembre-se de que os testes de aceitação servem não só para avaliar a adoção de uma solução, como também para evitar que a empresa seja exposta aos riscos resultados de adoções mal planejadas.

 

Agora que você já conheceu as melhores práticas para a aplicação da prova de conceito, coloque-as em ação na próxima vez que precisar avaliar um fornecedor de TI. Não se esqueça de deixar suas dúvidas ou experiências nos comentários!