Tomada de decisões nas organizações: confira 5 dicas essenciais

Orientar as tomadas de decisões nas organizações não é uma tarefa simples. Inclusive, com o aumento de competitividade do mercado trazida pela transformação digital, esse processo tem se tornado cada vez mais complicado.

Hoje, já não há espaço para o chamado “instinto”, um pressentimento que guia as decisões dos gestores dentro das empresas. Mais do que nunca, é preciso basear-se em estratégias para garantir os melhores resultados.

Ao longo deste post rápido, reunimos algumas dicas simples e essenciais para ajudar você a compreender melhor o ambiente de mercado ao seu redor e tomar decisões muito mais seguras e eficazes para sua empresa. Confira!

1. Elaborar um bom planejamento estratégico

Qualquer empresa que deseja crescer e se firmar no mercado deve contar com um bom planejamento estratégico. Afinal de contas, é por meio desse documento que podemos extrair um norte para orientar as ações dentro da organização e fundamentar as tomadas de decisão.

Dentro do planejamento estratégico, deve ficar claro quais são os objetivos do negócio, qual o mercado em que ele está inserido, os desafios apresentados no segmento, o perfil de seu público-alvo e todas as informações necessárias para definir um norte de ação.

2. Ter sempre os objetivos da empresa em mente ao tomar decisões

Quais são os objetivos de sua empresa? É fundamental ter todos eles muito claros diante de si antes de tomar uma decisão, considerando se as ações escolhidas levarão a empresa para mais perto da concretização desses objetivos ou não.

3. Tomar decisões baseadas em dados analíticos

Hoje, um histórico de dados é algo muito valioso para as empresas, pois o mercado é cíclico e várias situações que acontecem atualmente já podem ter ocorrido no passado, permitindo uma leitura clara e uma predição de cenário muito interessante.

Powered by Rock Convert

Além disso, padrões de dados podem indicar caminhos muito proveitosos, permitindo que suas decisões tenham mais chance de sucesso. Claro que, para usufruir desses benefícios, sua empresa precisa começar a coletar e armazenar dados.

4. Contar com boas ferramentas para auxiliar no processo de decisão

A tecnologia é incrível, e a transformação digital nos trouxe uma série de ferramentas analíticas, de coleta e de processamento de dados que podem nos dar uma visão abrangente do mercado, além de prever determinados movimentos baseados em padrões.

Um bom gestor, para estar seguro de suas decisões, pode fazer uso de diversas ferramentas para subsidiar seus argumentos, trazendo mais segurança e uma visão mais ampla das situações do dia a dia.

5. Saber ouvir a sua equipe

Por fim, o bom gestor sempre ouve a sua equipe acerca dos problemas que enfrenta dentro da empresa e sobre quais caminhos tomar. Afinal, o time passa o dia inteiro dentro da companhia e convive diretamente com a realidade da organização.

Na maioria dos casos, algum dos colaboradores pode ter a solução, ou uma boa sugestão na ponta da língua, mas nunca teve a oportunidade de compartilhar esse conhecimento.

As tomadas de decisões nas organizações são cada vez mais dinâmicas conforme o mercado se torna mais globalizado, exigindo que o gestor esteja preparado para decidir de forma rápida e precisa. Esperamos que essas pequenas dicas possam auxiliar você nessa tarefa.

Não deixe de nos seguir no Facebook, Twitter, YouTube e LinkedIn!